30 de nov de 2012

GATO LUDICO - GOSPEL DO PAI AMÂNCIO

28 de nov de 2012

Nota de Naelson Abreu sobre minha pessoa


Olá amigos e amigas do circo,
Permitam-me dar alguns esclarecimentos.
Conheço pessoalmente João Lins e Wecsley Cunha. Ambos moram em Natal ese opõem numa série de coisas que não cabem aqui dizer...
Aqui dou o testemunho como circense itinerante, e dirigente de entidade da classe...
O Senhor João Lins é preparado tecnicamente, pois é graduado em artes cênicas, atua como palhaço, oficineiro de mão cheia em várias técnicas circenses que nem eu sei;
Participou de oficinas pela Funarte, onde tem cadastro: em Recife,Manaus, Vitória e Natal;
Desde 2009 está engajado no movimento circense, presente em todas as reuniões e ações. Seu nome consta nas listas de presença e livro ata;
É conhecido por todos os circos que visitou com uma câmera na mão pra filmar e fotografar para elaborar projetos voluntariamente;
Trata-se de uma pessoa competente, honesta e conhecida pela classe circense do RN...

Wecsley você que não é circense, me responda... Quem é circense?


Ora a presença de João Lins deve ter sido decisiva para não aprovar seu projeto com o Título: Circo Matraca (que não conheço).
Não temos nada haver se o santo de um não bate com o do outro.


A suspeita aqui é de projeto fraudulento e não de irregularidades da banca. O fato é que: Dois projetos onde mãe e filho podem ser os titulares se trata do mesmo empreendimento familiar... Sobre isso falo depois,

Abraços,

Naelson Abreu – Natal RN

Minha resposta para Naelson Abreu:


Meu caro Naelson, veja só como são as coisas: fui atirar no que vi e acertei no que não vi. Muito obrigado por me dá respostas que eu nem se quer havia perguntado, pois no ápice da minha burrice eu fui incapaz até de suspeitar.  Mais adiante eu falo sobre esse meu comentário.

Mas com relação sobre eu ser ou não ser um circense:

Não sei se você sabe, mas na época do Circo Caramelada (hoje Circo Grock) o seu tio Marcos que lamento muito ter perdido do mundo do circo e da nossa vida também, já que este grande amigo me deu todo o suporte para que eu chegasse a diversos circos que pelas redondezas do RN passavam e dependendo das migalhas financeiras que eu tivesse, eu os visitava, fazia entrevistas colaborava com os números, fazia divulgação nas pernas de pau para que tivesse gente nas apresentações, vendia pipoca, e às vezes até me atrevia fazer alguma apresentação. Como Palhaço e até com o meu clássico número de dublagem. Seu Tio Marcos também me apresentou o Palhaço Circuito, pessoa que vivo tentando localizar para quem sabe, de alguma forma fazer algo por ele. Pois o Circuito foi fundamental na minha formação, junto com os Papos com Teófanes Siqueira (o Biribinha) Que também me deu muita orientação, me indicou livros e algumas companhias para que eu pesquisasse na internet, já que na época eu já era bem envolvido com este universo. O Circo Caramelada sofreu um grande golpe e eu vim reencontrar com o Marcos no Circo da Luz, onde dias depois tive a péssima notícia de seu acidente. Os Argentinos da Cia. Charivari quando circulando por Natal, foram indicados para que me procurassem para que eu os desse suporte, organizei uma turma para uma oficina que durou pouco mais de dois meses (Malabares e palhaço) da qual também fui aluno. Graças a esta oficina (com todas as minhas ressalvas) surge a Histofaria Teatral e mesmo com minhas ressalvas, muita gente boa no universo circense hoje é graças à Histofaria.

Participei também no Riso da Terra (encontro internacional de Palhaços) em João Pessoa/PB, onde tive com palhaços de todas as espécies e a minha vivência com o Tchacovack (Argentina) foi uma das maiores lições que vivenciei.

Colaborei com a temporada de estreia do Circo Grock, pois sempre recebi muito (de carinho, amizade e informação artística de Nil Moura e Gena Leão) então queria ser um pedaço na história deste circo e sei que estou bem lá no alicerce.

Graças a todas estas pessoas na minha vida, em 2001 estreio lá em Mãe Luíza (no espaço Cultural Sexto Clã) uma performance intitulada Mala’darte que futuramente vira o Circo Matraca que muito precariamente passei mais de 06 seis anos apresentando nas ruas, em projetos sociais e em lugares em que não tem espaço nem para circo chegar. Me Esgotei deste trabalho, mas ele nunca sairá de mim. Ricardo Buihú é testemunha disso. Pois ele foi o maior incentivador e cúmplice desta minha empreitada,Quando dou um certo descanso os Matraca, Chego a chefiar um setor da Fundação José Augusto, que por sinal fui fundamental na hora de referendar o Seu nome para participar da Pré-Conferência Nacional de Cultura (Seguimento Circo). Para isto eu era sensível ao circo. Na minha campanha mal sucedida em conseguir com algum amigo um exemplar daquela revista Preá que trás uma linda reportagem sobre a sua família, aí eu era uma pessoa de circo.

O meu pobre rico acervo de CD’s, livros, filmes, acessórios... Inclusive já fui até procurado por familiares seus para que eu ajudasse na multiplicação desse material.

Há alguns anos venho fortalecendo uma campanha “Se vai protestar, deixe o nariz de palhaço em casa” “Palhaço não Político” Palhaço Ser Sagrado” dignificando esta profissão que é extremamente ridicularizada e que é a minha e você sabe disto. Se não reconhece, tem quem me interessa para este reconhecimento, o seu mal caratismo, faz com que a sua opinião principalmente ao meu respeito e a mim não fede nem cheira.

Se ainda assim eu não sou um circense, perdão! Vou buscar saber o que eu sou de agora em diante.

Realmente, não tenho participado de nenhuma ação envolvendo a Funarte aqui em Natal, pois no dia que fiquei sabendo de alguma, a mesma atividade foi cancela por causa de uma baixaria sua com a sua esposa. Assim realmente fica difícil participar, quando a notícia chega, você estraga o evento. Você é um cara extremamente ausente, e através de você, as informações nunca chegam.

Agora voltando ao início: você cita no seu relato a seguinte frase, que pode ser lido muito abaixo quando eu terminar esta delonga:

"Ora a presença de João Lins deve ter sido decisiva para não aprovar seu projeto com o Título: Circo Matraca (que não conheço). Não temos nada haver se o santo de um não bate com o do outro".

          Pelo que bem entendi:De acordo com os registros de atas, ele não estava presente na avaliação quando o meu projeto foi apreciado. Então o Senhor João Lins usou da influência que tinha neste momento para me prejudicar? Já que o santo dele não bate com o meu?

          Quer dizer que a excelência de um projeto não vale e sim quem tenha influência sobre ele. Está ainda mais claro, como vem se dando a relação da Funarte na hora de analisar projetos. Muito obrigado pela preciosa informação, pois agora vou buscar providências.


         Para quem sabe, interesse, segue anexo algumas fotos sobre o meu trabalho, que não é la grande coisa eu sei. Mas é de grande valia na preservação do palhaço e o circo popular, minha maior alegria.



Pense Melhor na hora de desqualificar quem você não conhece!!!!









27 de nov de 2012

Jingle Brinquedos Estrela 1987

Saudades do Garoto Enxaqueca


26 de nov de 2012

Natal em Natal 2012 - A festa vai acontecer



A festa começa a se configurar. Hoje reuniu-se elenco e equipe técnica do Auto do Natal 2012, onde fomos informados a respeito dos últimos encaminhamentos sobre a realização deste tão esperado espetáculo.
Devido à repercussão nas redes sociais, o Midway Mall sensibilizou-se com a nossa angústia e elem de garantir o seu patrocínio, ainda está mobilizando o empresariado parceiro para ser patrocinador junto com ele. A Petrobrás Salvador/BA está apreciando estes acontecidos e logo mais se posicionará, enquanto isso ainda não temos nenhum conato com o grupo NeoEnergia conhecido popularmente pela Cosern.  Agradecemos a toda a população, imprensa, amigos e demais interessados que acreditam que merecemos ter as nossas festividades de fim de ano, já que no decorrer do ano todo convivemos com o caos e o descaso e a missão da arte e da cultura é nos dá alegria, algo que estamos precisando tanto quanto saúde, educação, estradas, mobilidade urbana, lazer e qualquer outra que seja a prática de qualidade de vida. Uma nação que acredita que a arte e a cultura são supérfluos  enquanto acreditar nisso viverá subdesenvolvida. E a população de Natal não quer e nem acreditam nisso.
Vamos continuar o nosso processo de sensibilização do empresariado local e vamos sim festejar em paz o aniversário da nossa cidade e todos os festejos natalinos. Pois sabemos que dias melhores virão!

Mais Informações:

Wecsley Mariano: 84 8736 9632 – 99653317 – 9175 2505

Vescio Lisboa: 8884 3113

Edson Soares: 8808 8575

21 de nov de 2012

MPBeco: Bombando!!!


Ensaios do Auto do Natal 2012 são suspensos



A realização do espetáculo Auto do Natal 2012 está ameaçada. Por falta de patrocinadores interessados em viabilizar a montagem, a equipe de produção, direção e atores decidiu suspender os ensaios na noite desta terça-feira (20) até que haja uma definição quanto a viabilização da montagem. Segundo o diretor Véscio Lisboa, amanhã uma comissão da Fundação Capitania das Artes, com o apoio do prefeito Paulinho Freire, irá visitar empresas com potencial de patrocínio. "É lamentável que pelo segundo ano consecutivo teremos Natal sem Natal", disse Véscio por telefone. O diretor informou que a decisão para cancelamento, ou não do Auto será na segunda-feira (26). 
Foto: Rodrigo SenaEnsaios do Auto estão suspensos por falta de patrocínio
Ensaios do Auto estão suspensos por falta de patrocínio

Os ensaios vinham ocorrendo desde o início de outubro, e o Auto do Natal está enquadrado na Lei Rouanet de incentivo à Cultura para captação de recursos. A Funcarte chegou a cogitar encenação do espetáculo no Papódromo (Centro Administrativo), mas a estrutura acabou indo para a Praça Cívica, onde a Prefeitura também pretende realizar o Cortejo Natalino. O Auto do Natal 2012 foi orçado em R$ 1,6 milhão. Em 2011 a Prefeitura do Natal também não realizou o espetáculo por falta de recursos.


Fonte: http://tribunadonorte.com.br/noticia/ensaios-do-auto-do-natal-2012-sao-suspensos/237156 

20 de nov de 2012

Fundo de Cultura 2011 completa um ano sem pagar contemplados



Viver

Fundo de Cultura 2011 completa um ano sem pagar contemplados
Publicação: 20 de Novembro de 2012 às 00:00


Gabriela Freire - repórter
O grupo formado pelos autores dos projetos contemplados pelo Fundo Investidor de Cultura (FIC) vai acionar a justiça para garantir o pagamento do prêmio divulgado há exatos 12 meses pela Prefeitura do Natal-Funcarte. Na tarde de ontem eles se reuniram com advogados para saber como proceder diante da situação que se arrasta desde novembro de 2011. O valor das premiações variam entre R$ 10 mil e R$ 26 mil e somam cerca de R$ 400 mil, valor total do recurso destinado ao FIC. 
Um ano após o publicado no Diário Oficial, vencedores do Fundo de Cultura 2011 se organizam juridicamente para garantir o direito ao prêmio      Foto: Rodrigo Sena

A presidente da Fundação Capitania das Artes, Camila Cascudo, afirmou que solicitou a abertura de um crédito suplementar para realizar o pagamento, mas não acredita na aprovação do pleito. "É muito difícil que se abra um crédito suplementar diante da atual situação administrativa para uma secretaria como a de cultura", reconhece.

Diante disso a alternativa encontrada pelos artistas, depois de várias tentativas e promessas, foi se organizar juridicamente. "O primeiro passo é tentar um diálogo para garantir esse pagamento. Acredito que com a mudança de governo podemos abrir os canais de comunicação e ampliar o diálogo", explica a advogada Natália Sena, que está representando o grupo. O segundo passo, completa, será recorrer às vias judiciais para garantir o pagamento.

Para o publicitário e cineasta Fábio DeSilva, um dos 29 artistas que foram contemplados pelo FIC 2011, a única forma de receber esse pagamento é mobilizando quem teve projeto selecionado. "É muito frustrante essa situação. E mais ainda por percebermos que é cada vez mais recorrente na administração municipal e estadual. Queremos dar um basta nisso", afirma. Apesar da mobilização o pagamento deve ficar só para 2013. Enquanto o diálogo com a equipe de transição da próxima administração municipal vai se formando, os artistas estão reunindo a documentação e refazendo os orçamentos, enviados em 2010 à prefeitura. "Quem está nesse grupo se preparou e se empenhou para fazer um projeto que merecesse essa seleção. Algumas pessoas deixaram de realizar outros trabalhos para se dedicarem ao que foi apresentado ao FIC e agora nos encontramos nessa situação. Não estamos pedindo dinheiro. Acreditamos no Fundo, inscrevemos projetos e fomos selecionados", disse Wecsley Mariano.

Prazos

O edital com as diretrizes e regras básicas para interessados em participar do FIC 2011 foi publicado no Diário Oficial do Município em 5 de julho, e as inscrições ficaram abertas até 25 de agosto daquele ano. A divulgação dos contemplados aconteceu em novembro de 2011 e o pagamento deveria ser feito após publicação dos nomes no Diário Oficial do Município, o que não ocorreu.

De acordo com o edital, cinco segmentos foram priorizados: Patrimônio Imaterial; Organização e Recuperação de Acervos, Bancos de Dados e Pesquisa Cultural; Produção de Novas Linguagens Artísticas; Produção de Artes Cênicas, dança e Grupos Folclóricos e Audiovisual.

FIC 2012 NÃO FOI LANÇADO 

"Não vai ficar". Essa é a declaração de Camila Cascudo sobre como ficará a situação da terceira edição do fundo. "Reuni-me com o Conselho Municipal de Cultura para que o edital saísse. Nesse meio tempo entramos no período de Lei de Responsabilidade Fiscal e não tínhamos autonomia para fazer o empenho. Era necessário pedir autorização a prefeita. O pedido foi negado por razão orçamentaria", explica. Dai a grande probabilidade de não haver a edição 2012.

Camila Cascudo reconhece que o recurso destinado ao FIC é baixo. "Mas infelizmente não conseguimos garantir nem esse valor", lamenta.

A lei que oficializou a criação do Fundo Investidor de  Cultura foi regulamentada em maio do ano passado após 13 anos de espera e tem missão de fomentar a produção de bens culturais públicos - além de viabilizar projetos culturais de interesses coletivos no âmbito municipal.   

17 de nov de 2012

15 de nov de 2012

15 de Novembro

Dia Nacional da Umbanda:
É isso!

BRA - NA CARA DOS BRANCOS RACISTAS E INTELECTUALIÓIDESS

14 de nov de 2012

Divulgado poster de O Palhaço rumo ao Oscar

O longa O Palhaço, dirigido e protagonizado por Selton Mello, é o filme brazuca indicado ao Oscar na categoria de melhor filme estrangeiro. Eis o pôster de sua campanha divulgado nesta terça-feira pela produtora Bananeira Filmes.

Faltam 03 dias para a festa começar!!!!


Jaína Elne, tô na torcida por você!!! 
- Desculpem aí amigos do dia-a-dia, mas Além de grande essa é a melhor!!!!!

11 de nov de 2012

Rita Ribeiro - Filhos da Precisão

7 de nov de 2012

De volta e em grande estilo, mais um espaço CANINGA


    OFERTÓRIO
    TE OFEREÇO MEU CAFÉ AMARGO
    Para que você possa distinguir o agridoce
    de meus beijos cálidos
    TE OFEREÇO MINHA EBRIEDADE
    Para que você possa gozar de minha lúdica
    lucidez
    TE OFEREÇO MEU ORGASMO SILENTE
    Para que ouça os gemidos e gritos estridentes de minh'almaTE OFEREÇO MINHAS LÁGRIMAS DE GOZO
    Para nosso sexo
    ser humano
    Prazeroso
    TE OFEREÇO DO MEU VINHO UM TRAGO
    Trago do cigarro
    TE OFEREÇO UM POUCO
    Trago um desejo louco
    De sorver-te...
    Não posso me dar toda
    TE OFEREÇO DE MIM UM POUCO
    TE OFEREÇO UM TRAGO DO MEU CORPO
             Um trago
    TE OFEREÇO MEU OLHAR VENENOSO
    Para que descubra a cura no meu riso solto
    TE OFEREÇO MINHA DISPLICÊNCIA
    Para te lembrar que nem sempre as boas coisas
    da vida guardamos

    ENTÃO, TE OFEREÇO UMA CHANCE:
    Receba o que te ofereço
    E de quebra,
    NÃO ME ESQUEÇA!

                                                               Civone Medeiros

Palhaços, minha razão de viver


Cemitério do Alecrim - Minha Saudosa Natal

Passou o dia de finados e eu havia preparado um material bem bacana, inspirado no trabalho de dois grandes amigos (fiz plágio barato mesmo) Rauly Araújo e Lenilton Lima que têm exposições distintas sobre o Cemitério do Alecrim. O Dito Cemitério é uma rica confraria de segredos e aventuras que guardo, logo assim que cheguei de Areia Branca, para me apropriar de vez pela minha "amada, idolatrada, salve! salve! Nata" (Salve mesmo, que a situação é de salve-se quem puder). Ironias à parte, tenho um sentimento saudoso, romântico pelo alecrim que me recebeu cheio de sonhos e saudades e me fez em quem eu sou. Tá me dando até vontade de escrever algumas lembranças. - Boa ideia !!! Mas fiz uma visita ao centenário cemitério, do bairro que faz 100 anos. Aproveitem às minhas descobertas!!!!

Túmulo onde foi enterrado Luis da Câmara Cascudo - Tudo começou pela curiosidade em saber onde ele estava sepultado. 




Jazigo da Família Cicco. - Ainda bem que jazigos não falam... 

Ainda no Jazigo da família Cicco, aqui além de jóias teve eté um Piano de caldas, foi tudo retirado, por causa dos vândalos.

Sempre que vejo esta estátua, tenho a sensação que ela irá sair daí.



Eu vejo flores em você

Um terço em busca de oração

Me fez lembrar o mal uso que se faz de Jesus hoje em dia.

Literalmente: Restos Mortais

Literalmente: Restos Mortais

Literalmente: Restos Mortais

Curioso

Curioso


Ninguém tasca aqui








Será que ele morreu por amor à pátria? Alguém me responda!


Curioso, estas cartas de baralho no cemitério


Acho que é meu único contemporâneo sepultado lá

Para entender um pouco mais da história
Termino emocionado este post, é um mundo em minha volta, um filme que conta uma engraçada e romântica história onde os protagonistas estão meus amigos e eu.