21 de jun de 2010

Ao encontro de Deus foi Militana.

Tive um fim de semana, mesmo que rodeado de bons amigos, um tanto quanto triste. Dona Militana encantou-se e foi definitivamente ao sagrado terreiro dos mestres celestial.
A figura rançosa, mas de coração repleto de sonhos guardasdos que tive o prazer de ganhar alguns poucos, mas calorosos abraços.
Chormosa ao pitar seu cachimbo companheiro. Tesouro potiguar. Partiu para um lugar seguro e acolhedor. Foi ser inpiração para o nosso pensar.
A Deus Militana foi encontrar.
Pede a benção a ele por mim.

O Poema a seguir sempre achei que tem um pouco de Dona Militana em cada verso e ele que trago aqui. Para dar ludicidade ao meu pesar e ao amor que sempre vou carregar para com a grande Dama da Cultura Popular do Rio Grande do Norte.

Todas as Vidas

Vive dentro de mim
uma cabocla velha
de mau-olhado,
acocorada ao pé
do borralho,
olhando para o fogo.
Benze quebranto.
Bota feitiço...
Ogum. Orixá.
Macumba, terreiro.
Ogã, pai-de-santo...
Vive dentro de mim
a lavadeira
do Rio Vermelho.
Seu cheiro gostoso
d'água e sabão.
Rodilha de pano.
Trouxa de roupa,
pedra de anil.
Sua coroa verde
de São-caetano.
Vive dentro de mim
a mulher cozinheira.
Pimenta e cebola.
Quitute bem feito.
Panela de barro.
Taipa de lenha.
Cozinha antiga
toda pretinha.
Bem cacheada de picumã.
Pedra pontuda.
Cumbuco de coco.
Pisando alho-sal.
Vive dentro de mim
a mulher do povo.
Bem proletária.
Bem linguaruda,
desabusada,
sem preconceitos,
de casca-grossa,
de chinelinha,
e filharada.
Vive dentro de mim
a mulher roceira.
-Enxerto de terra,
Trabalhadeira.
Madrugadeira.
Analfabeta.
De pé no chão.
Bem parideira.
Bem criadeira.
Seus doze filhos,
Seus vinte netos.
Vive dentro de mim
a mulher da vida.
Minha irmãzinha...
tão desprezada,
tão murmurada...
Fingindo ser alegre
seu triste fado.
Todas as vidas
dentro de mim:
Na minha vida -
a vida mera
das obscuras!

Cora Coralina

18 de jun de 2010

Hoje tem Rosa de Pedra no Som Brasil

Mais uma etapa dos oito anos de carreira da banda, que sempre manteve o espaço para a música autoral. No programa uma homenagem ao virtuoso sanfoneiro, ao grande compositor e a pessoa incrível de DOMINGUINHOS, é impressionante como esse artista consegue modificar os ambientes só com a sua presença, uma paz de espírito, uma calmaria e a firmeza e segurança de ser ele mesmo. Nossas palmas ao grande mestre DOMINGUINHOS.
No programa além das lindas canções você ainda assistirá a interpretação primorosa de Zizi Possi, que nos bastidores emocionou o compositor, que baixinho cantou junto, derramou algumas lágrimas discretas e também emocionou a todos os presentes... Talvez a edição do programa não consiga mostrar esse momento, mas não conseguirá esconder a magia que foi esse grande encontro. Zizi fez elogios diretos a banda Rosa de Pedra o que deixou a todos lisonjeados!!!
No mais Galera: "assistam a música contundente e fora de rótulos" da banda Rosa de Pedra, será assim que a Rede Globo nos apresentará ao Brasil e aos brasileiros espalhados por todo o mundo!!

17 de jun de 2010

Quero Saber o que falta ser invertado

16 de jun de 2010

Todo Castigo pra Argentino é pouco

Oficina do BNB-RN

Clique na imagem para visualisar melhor

Essa Galera é Foda!!!

De Gratis e imperdível!!!

Retrospectiva Jean Rouch - Natal



21 jun – segunda-feira
15h
Programa 1: Tateios iniciais e invenção de um estilo na África negra (Níger e Mali, 1948-51) 121’
_ Les magiciens de Wanzerbé (Níger, 1948) 33’
_ Initiation à la danse des possédés (Níger, 1948) 23’
_ Circoncision (Mali, 1948) 14’
_ Cimetière dans la falaise (Mali, 1950) 18’
_ Bataille sur le grand fleuve (Níger, 1951) 33’

18h15 -
Cerimônia de abertura
19h - Sessão especial de abertura
_ Tourou et Bitti – les tambours d’avant (Níger, 1971) 11’
_ Le Dama d’Ambara - enchanter la mort (Mali, 1974) 60’
20h15 - Palestra do curador - Jean Rouch e Glauber Rocha: de um transe a outro

22 jun – terça-feira
15h
Programa 2 : Incursões noutros países da África negra: Gana e Burkina Faso (1953-57) 100’
_ Mammy Water (Gana, 1953-1956) 18’
_ Les maitres fous (Gana, 1955) 28’
_ Baby Gana (Gana, 1957) 26’
_ Moro Naba (Burkina Faso, 1957) 28’
17h
Programa 3 : Primeiro ciclo de improvisações etnoficcionais I : migrações 92’
_ Jaguar (Níger & Gana, 1954-1967) 92’
19h
Programa 4: Primeiro ciclo de improvisações etnoficcionais II : labirintos da identidade 73’
_ Moi, un noir (Costa do Marfim, 1958-9) 73’

23 jun – quarta-feira
15h
Programa 5: Primeiro ciclo de improvisações etnoficcionais III : interetnias 92’
_ La pyramide humaine (Costa do Marfim & França, 1959) 92’
17h
Programa 6: Primeiro momento francês (1960) 90’
_ Chronique d’un été (França, 1960) 90’
19h
Programa 7 : Ensaios de etnomusicologia com Gilbert Rouget (1959-70) [Benin e Mali] 75’
_ Sortie de novices a Sakpata (Gilbert Rouget & Jean Rouch, Daomé – atual Benin -, 1959) 17’
_ Batteries Dogon - éléments pour une étude de rythmes (Gilbert Rouget & Jean Rouch, Mali, 1966)28’
_ Porto Novo : Ballet de cour des femmes du roi (Gilbert Rouget & Jean Rouch, Benin, 1970) 30’

24 jun – quinta-feira
15h
Programa 8 : A caça ao leão, dos Gaos (Níger) (1957-1968) 100’
_ La chasse au lion à l’arc (Níger, 1957-65) 81’
_ Un lion nommé americain (Níger, 1968) 20’
17h
Programa 9 : O ciclo dos ritos de Yenendi, entre os Songhay do Níger (1951 e 1967-68) 75’
_ Yenendi, les hommes qui font la pluie (Níger, 1951) 28’
_ Yenendi de Boukoki (Níger, 1967-73) 10’
_ Yenendi de Ganghel - le village foudroyé (Níger, 1968) 37’
19h
Programa 10: O grande ciclo dos ritos do Sigui, entre os Dogon do Mali (1967-1974) 128’
_ Sigui synthèse (Mali, 1967-1981) 128’

25 jun – sexta-feira15h
Programa 11: A invenção do cine-transe junto aos Songhay no Níger (1971-74) 126’
_ Tourou et Bitti – les tambours d’avant (Níger, 1971) 11’
_ Tanda Singui (Níger, 1972) 31’
_ Horendi (Níger, 1972) 72’
_ Pam Kuso Kar (“ briser les poteries de Pam ”) (Níger, 1974) 12’
17h15
Programa 12 : Níger – França, ida e volta, ou a etno-ficção ao avesso (1968-72) 90’
_ Petit à Petit (version courte) (Níger et França, 1968-9) 90'
19h
Programa 13: Ritos funerários dos Dogon, no Mali (1973-74) 78’
_ L’enterrement du Hogon (Mali, 1973) 18’
_ Le Dama d’Ambara - enchanter la mort (Mali, 1974) 60’

26 jun - sábado
15h
Programa 14 : improvisações para-publicitárias e etno-ficcionais no Níger (1973-74) 122’
_ VW voyou (Níger, 1973) 25’
_ Cocorico ! monsieur poulet (Níger, 1974) 97’
17h15
Programa 15: viagens, encontros e visitas (1977-87) 93’
_ Ispahan : lettre persane (la mosquée du chah a Ispahan) (Irã, 1977) 40’
_ Makwayela (Mozambique, 1977) 18’
_ Bateau-givre (Suède, 1987) 35’
19h
Programa 17: Rouch e sua vocação para a ficção 73'
_ Mosso mosso - Jean Rouch comme si… (Jean-André Fieschi, França / Níger, 1998) 73

É cada qualidade de gente sem futuro!!!

Tem um teste no site do Fantástico, que aponta o tipo de torcedor que você é. fiz o teste. veja só o meu resultado:

Olha a Preá Saindo da Toca


Revista Preá será lançada neste sábado (19) em Arez. A publicação cultural da Fundação José Augusto (FJA), terá a sua vigésima segunda edição lançada neste sábado (19),às 19h, em praça pública, na cidade de Arez, região Agreste do Rio Grande do Norte. O lançamento da publicação em Arez é pelo fato do município ser o assunto principal desta edição.

O grupo folclórico “Cangaço do Nordeste” de Luiz Carlos Rita da Silva, o Marechal, que interpreta a saga de Lampião, além do Pastoril de Maria Lúcia da Silva e sanfoneiro Rosalvo da Silva Galvão. Galvão Filho também se apresentará.

Quem não poder comparecer no lançamento, a revista estará disponível para distribuição a partir da Segunda-Feira dia 21/07 na Fundação José Augusto e Em alguns Espaçõs Culturais de todo o estado. E para quem quiser receber a revista em casa, no caso de quem não mora na Grande Natal ou fora do RN é só fazer a solicitação pro meu e-mail: xarianatal@yahoo.com.br Lembrando que ainda temos a edição 21 que também pode ser solicitada.

14 de jun de 2010

BERÇO COLORIDO DE SE FAZER SONHOS



Certa vez, vi em uma matéria jornalística que em São Paulo, numa grande galeria de artes havia uma exposição muito interessante chamada “Que Xita Bacana”. Obvio que isto me chamou a atenção. Uma pena não ter presenciado um evento desta natureza, mas não me doeu. Afinal, numa casa onde reside uma família que considero sendo a minha segunda, há muito tempo sempre me deparei com um colorido peculiar, o colorido que parte deste nobre tecido que é a xita, acrescido dos retalhos em fuxico, aplicações em Sianinha, botões, cerâmicas - ufa! São muitas as matérias exploradas para o artesanato desenvolvido... A criatividade que a dupla Adilene e Ked Mendes, mãe e filha respectivamente, usam e abusam de um olhar por um nordeste que viaja o sertão e vai até a beira da praia, passando pelos oratórios, as aldeias indígenas e os terreiros de candomblé, todo um nordeste que não tem fronteira, o nordeste da criatividade artística.

A poesia visual apresentada em cada peça produzida, onde o colorido rompe com tudo o que já havia dito sobre o branco, o preto, o cinza e o azul marinho que ditam os padrões de uma sociedade castradora de emoções. A sobriedade e a necessidade das cores para dias melhores e mais aconchegantes. A paz que as cores nos oferece para dias melhores, nos trazendo alegria e vibrações positivas. Estas são características principais nestas duas mulheres de personalidade marcante, revolucionárias natas, que modernizam a cada dia em suas peças o artesanato nordestino, porém sem perder suas raízes. São muitas as historias sendo confeccionadas. E não apenas a industrialização uniforme de objetos inspirados neste universo.

Vivenciar bruxinhas de pano voadoras em cortinas de fuxico, as flores, as bolsas, as peças de roupa que permeiam o meu mundo e o cotidiano em quem aprecia a exclusividade que a Oficina das Artes propõe para sociedade. O impressionante que é que todas as pessoas que se aproximam deste universo, são automaticamente contagiados por todo este colorido.

Tenho uma referência, muito forte quando vejo cada novidade: Quando ainda na infância acho em minha casa uma revista velha que falava de um desfile da Zuzu Angel. É como se ela renascesse, tivesse presente. Mas se faz, no costurar desta nova história, de sonhos em formas tão delicadas, porém, as marcas da cola quente, perfurações de agulhas fortalecem os detalhes, enobrecem os ambientes onde é posta cada peça, inebriam o espírito.

Assim enriqueço meu olhar e vez que me deparo com algo novo faço-me oração. Só me resta agradecer a Deus por ser parte deste universo.

13 de jun de 2010

O Pessoal do Tarará em Natal

O Pessoal do Tarará desenvolverá uma programação na capital do estado, Natal, a partir da próxima segunda-feira (14). Trata-se do projeto Rodovia Nordeste de Teatro, onde O Pessoal do Tarará está percorrendo toda a região Nordeste (as capitais e cidades menores) apresentando, de maneira gratuita, os espetáculos O Pulo do Gato, O Inspetor Geraldo e A Peleja do Amor no Coração de Severino de Mossoró. E nesta segunda-feira, às 18h, na Praça do Teatro Alberto Maranhão, na Ribeira, o grupo inicia a programação com o espetáculo O Inspetor Geraldo. Na terça-feira (15), pela manhã, o grupo apresentará O Pulo do Gato no Centro de Pesquisa e Formação Teatral, na Avenida Hermes da Fonseca, em Tirol. E na quarta-feira (16), à noite, na Praça do Teatro Aberto Maranhão, O Pessoal do Tarará encerra a programação com o espetáculo A Peleja do Amor no Coração de Severino de Mossoró.

O projeto Rodovia Nordeste tem patrocínio da Funarte, Ministério da Cultura e Governo Federal, e já percorreu as cidades de Aracati e Fortaleza (CE), Piripiri e Teresina (PI) e Caxias e São Luis (MA). Em julho o grupo ainda desenvolverá o projeto nas cidades de Sapé e João Pessoa (PB), Igarassu e Recife (PE), União dos Palmares e Maceió (AL), Estância e Aracaju (SE) e Camaçari e Salvador (BA). O projeto possui um blog onde tudo pode ser acompanhado através de diários de bordo e fotografias. O endereço é www.rodovianordestedeteatro.blogspot.com.

12 de jun de 2010

E por falar em Programação...

E Dá lhe Copa do Mundo 2010


É Hoje!!!!!!!!!!!!!!

11 de jun de 2010

Apelo de um solteiro a perigo!!!!!!!!!

Amanhã é dia 12 de Junho o Dia dos Namorados. E mais uma vez estou no clube dos encalhados. MAS É POR OPÇÃO. por isso vou comemorar essa data:

Algumas fotinhas para celebrar a data do Santo Casamenteiro!!!

Pedido da Casamento Perfeito

O Poema de Amor Perfeito

Soneto de Fidelidade
Vinícius de Moraes



De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

Casais Perfeitos


















UM MOMENTINHO DE APELO:


Especial: Simpatias para o Dia de Santo Antônio


No dia 13 de junho comemora-se o dia de Santo Antônio de Pádua, que ficou conhecido como o santo casamenteiro, protetor das questões relacionadas ao amor e ao matrimônio. Veja a seguir algumas simpatias que a crença popular recomenda para essa data.

Simpatia para recuperar o tempo perdido

Esta simpatia é recomendada para quem perdeu muito tempo com um relacionamento que acabou não dando certo.
Escreva uma carta para Santo Antônio, contando a ele os dias, meses e anos que você perdeu se relacionando ou pensando em uma determinada pessoa (escreva na carta o nome dela). No dia 13 de junho, enterre a carta em algum jardim, oferecendo-a em sacrifício ao santo milagroso.

Para casar com um bom rapaz (ou moça)

Encontre uma imagem pequena de Santo Antônio de leve-a nesse dia 13 para um padre benzê-la. Quando o padre estiver benzendo a imagem, mentalize estas frases: "Não quero Santo Antônio grande nos meus oratórios. Quero é um pequenino, que ouça os meus pedidos." Vá repetindo mentalmente essas palavras até chegar de volta em sua casa. Guarde a imagem em algum lugar de destaque em seu quarto.

Para ser feliz no casamento

Para que seu casamento seja feliz, pegue duas velas brancas e escreva o seu nome numa delas e o nome de seu noivo na outra. Vá até uma igreja onde exista uma imagem de Santo Antônio e acenda as velas diante da imagem, fazendo uma oração a ele, pedindo sua bênção para o enlace. Uma vez por mês, ofereça uma nova vela para o santo protetor dos casamentos e namoros.


 E Para quem está matando cachorro a psiu, como eu, Mary Land, Rosa e Geraldo o negócio é tomar medidas mais drásticas:
Parece que você resolveu ouvir as minhas preces/ameaças!
Amém!

De volta e em grande estilo!!!

Há algum tempo que venho fazendo de um tudo para ter esta personalidade ilustre por aqui. Ou melhor, personalidades, pois teve momentos em que o arquétipo ocupou bastante o lugar do cavalo.
Um é um berço de seriedade e doçura o outro e o supra-sumo (lembrei das pastilhas) do escracho. Ele(s) é taurino (tem o vigor e a cabeça de um touro – perco o amigo, mas não perco a piada) de 54 anos, nascido em Mossoró, adora fuder e chupar buceta (com um limãozinho fica bem legal) Tertuliano Aires, é o cara que mais dar acesso ao conhecimento musical e cinematográfico que existe com o seu empreendimento Capitão Gancho Produções e quando é chamado dá vida ao personagem que é um ídolo por onde passa. Ano passado levou o Teatro Alberto Maranhão ao Delírio no seu trabalho paralelo Balalaika Brega Band e recentemente causou o maior furor com o seu show há anos sem palco, no Veros Cabaré e no Castelo Pub, onde eu presenciei as pessoas perplexas de emoção com toda a poesia fescenina, imoral, divertida, pornofônica, impublicável e proibido para menores de 18 anos.

Quero Dar boas vindas às minhas IMBECILIDADES com Tertuliano Aires. Ou melhor, Cabrito

1. O que é pior: fila de banco ou carro de som em posto de gasolina?
Os dois são horríveis. Fila é perda de tempo e escutar o que você não quer é foda!

2. Um bola a fora na atualidade?
Direito Autoral. Tem compositor potiguar ganhando R$ 1,50 por música gravada por cantor nacional de renome.

3. Um programa de Índio?
Shopping Center

4. Quem você deixaria numa ilha deserta?
Ariano Suassuna. Ele já está numa ilha deserta por causa do seu próprio preconceito.

5. Um lugar que fica na baixa da égua?
A casa do Cabrito

6. Um filme que você indicaria para um inimigo?
Faces da Morte
7. Uma comida que você detesta?
Cuscuz doce, mungunzá doce e peixe com alho.

8. O que te dar ódio em ver?
Uma mulher linda com outro homem que não seja eu.

9. O que te broxa?
Traição

10. Uma frase imbecil:
O Brasil é um país de todos.

Quero dizer para o meu amigo Cabrito, que mesmo sem querer ser imbecil, mas já sendo. O Brasil pode até não ser de Todos. Mas cabe tanta presepada.

E a Poesia fez Folia em minha vida...




Versos Íntimos
Augusto dos Anjos

Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!

Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.

Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.

Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!

Como Já Dizia o Menino Maluquinho...

"Todo lado tem seu lado
Eu sou o meu próprio lado 
E posso viver ao lado
do Seu Lado que era eu"
Poema dos Lados "Menino Maluquinho" Ziraldo



A vida tem dois lados para tudo: o bem e o mal, o feio e o “bunito”, o grande e o pequeno, o homem e a mulher, o alto e o baixo, o sóbrio e o ébrio...
Mas os dois lados que quero falar aqui são os Rio Grande, o do Norte e o do Sul. Em cada um desses Rio Grandes tem um Dunga, o do Rio Grande do Sul, tenho pena de tudo que andam dizendo da mãe dele, mas este tá fazendo de um tudo pra fazer “bunito” na África do Sul, na Copa 2010 e o Dunga do Rio Grande do Norte que também atende por Eduardo Alexandre, é uma pessoa bastante ocupada, cheia de afazeres nos botecos do Beco da Lama e adjacências, bastante comprometido com causas sociais e vem lutando com unhas e dentes com uma enorme capacidade de fazer coisa alguma pleitear o tombamento do Machadão, para que assim seja impossibilitada a copa de 2014 em Natal. VAMOS VER QUAL DOS DUNGAS VAI FAZER MAIS BUNITO: O Dunga do Rio Grande do Sul na Copa de 2010 ou o Dunga do Rio Grande do Norte na Copa de 2014

10 de jun de 2010

Dica imperdível:

É com muito carinho que hoje a noite a partir das 20:00h. esterei no Praia Shopping para ver a minha querida Ana Pascoal fazendo um lindo show homenageando Jackson do Pandeiro. quem não poder ir hoje, tem ainda a oportunidade de ver no dia 26 no mesmo bat local e no mesmo bet horário.

Vem aí mais uma edição!

(clique na imagempara visualisá-la melhor)

Olha a Liberdade de Expressão no brazil

Gente, já vi meios de comunicação com todos os mau caratismos que possa existir, mas tem um meio de comunicação que precisa urgentemente de que se tome alguma providência o mais rápido.

Ontem, dia 09/06/2010 li uma matéria que me deixou bastante chocado pelo que se tratava, pois tem a seguinte manchete: Ex-deputado é condenado por abuso de criança no PA (Clique aqui para ler a matéria), li a matéria e fiquei querendo saber qual o partido político que ele faz parte. Tenho certeza que não é do PT, pois senão com certeza na matéria ele seria focado como o melhor amigo do Lula. Pois bem, saí numa busca, que liguei para a Assembléia Legislativa do Pará e pasmem, pois não é que ele é do DEM! Achou pouco? Veja a imagem abaixo e na busca que fiz no Google para saber dessa minha dúvida e a qual partido eles se referem? Isso mesmo ao PT. Como vocês podem ver.
(clique na imagempara visualisá-la melhor)

Há algum tempo atrás um amigo meu já havia me mostrado o que acontece quando pesquisamos por mentiroso no site buscador Google acontece, até a data de ontem (09/06/2010) a primeira pesquisa relacionada esta com o Winkpedia de Luis Inácio Lula da Silva. Clicando lá e lendo toda a matéria, nenhuma vez nesta enciclopédia virtual no Verbete do nosso presidente tem se quer o termo mentiroso sobre qualquer que seja o foco. Então, temos que tomar alguma providência e começar a biocotar esses buscadores, pois o Cadê (Yahoo), Bing (MSN) e Google que eu já havia citado tem esses dados. Apesar que tembém cabe nos perguntar e o Winkpedia tem a ver com isso?afinal, eles são que publica esses verbetes e suas devidadas pesquisas.
No Google
(clique na imagempara visualisá-la melhor)

No Bing
(clique na imagempara visualisá-la melhor)

No Cadê
(clique na imagempara visualisá-la melhor)

Mesmo acreditando, adimirando e seguindo o comanheiro Lula, não estou aqui para dizer que ele é o dono da verdade, mas apenas me certificar que so nossos meios de comunicação não estão agindo com tanta verdade. Mas a verdade mesmo é que eles não conseguem acreditar que este torneiro mecânico "analfabeto" contruiu tantas escolas técnicas, unversidades, vem sendo o maior responsavel pela paz mundial, lutando piamente pelo fim da miséria, sem matar os miseraveis, dando mais qualidade de vida ao povo brasileiro e diminuido a hegemonia sobre os direitos básicos da burguesia hipócrita do Brasil, Se isto for faltar com a verdade, prefiro continuar na mentira do Lula, pois eu sei o que o DEM fez e faz desde que o Brasil é Brasil. A copa do Mundo tá aí e temos que ficar atentos.

Copa 2010

Vai dar muito o que falar ainda por aqui, mas para quem é como eu e está mais perdido que cego em tiroteio, para acompanhar a copa que acaba de começar e eu aqui escrevendo minhas asneiras, indico este link que tem todas as informações sobre os jogos CLIQUE AQUI!


Arrasa Brasilllllllllllllllllllllllll!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Religião ou Espiritualidade

Há dias que reflito sobre este texto que segue abaixo. Quando pensarmos em nossa fé, no que deve reger o nosso poder de está com Deus e até não, vai aí uma dica para pelo menos exercermos o nosso direito e dever pela diversidade respeito e amor ao próximo:

Lembram daquela noticia sobre os jogadores do Santos que não desciam do ônibus para entregar ovos de páscoa para crianças deficientes por causa da religião (eram evangélicos e não podiam entrar em uma instituição espírita)??? Então, estou repassando o texto de um pastor que se posiciona muito bem sobre a diferença entre religião e vivência das virtudes.
O texto abaixo, de um Pastor , refere-se ao episódio envolvendo os jogadores do Santos numa visita ao Lar Espírita Mensageiros da Luz, que cuida de crianças com deficiência cerebral, para entregar ovos de Páscoa.
Uma parte dos atletas, dentre eles, Robinho, Neymar, Ganso e Fabio Costa, se recusou a entrar na entidade, e preferiu ficar dentro do ônibus do clube, sob a alegação de que eram evangélicos e não entrariam num local fundado e dirigido por Espíritas..apesar de que, em função do vexame, acabaram voltando.

Vale ler o texto.
Reflexão para a paz
Ed René Kivitz, cristão, pastor e santista desde pequenininho.

Os meninos da Vila pisaram na bola, mas prefiro sair em sua defesa. Eles não erraram sozinhos. Fizeram a cabeça deles. O mundo religioso é mestre em fazer a cabeça dos outros. Por isso, cada vez mais me convenço que o Cristianismo implica na superação da religião, e cada vez mais me dedico a pensar nas categorias da espiritualidade, em detrimento das categorias da religião.
A religião está baseada nos ritos, dogmas e credos, tabus e códigos morais de cada tradição de fé. A espiritualidade está fundamentada nos conteúdos universais de todas e de cada uma das tradições de fé.
Quando você começa a discutir quem vai para céu e quem vai para o inferno, ou se Deus é a favor ou contra a prática do homossexualismo, ou mesmo, se você tem que subir uma escada de joelhos ou dar o dízimo na igreja para alcançar o favor de Deus, você está discutindo religião. Quando você começa a discutir se o correto é a reencarnação ou a ressurreição, a teoria de Darwin ou a narrativa do Gênesis, e se o livro certo é a Bíblia ou o Alcorão, você está discutindo religião. Quando você fica perguntando se a instituição social é espírita kardecista, evangélica, ou católica, você está discutindo religião.
O problema é que toda vez que você discute religião você afasta as pessoas umas das outras, promove o sectarismo e a intolerância. A religião coloca de um lado os adoradores de Alá, de outro os adoradores de Yahweh, e de outro os adoradores de Jesus. Isso sem falar nos adoradores de Shiva, de Krishna e devotos do Buda, e por aí vai. E cada grupo de adoradores deseja a extinção dos outros, ou pela conversão à sua religião, o que faz com que os outros deixem de existir, enquanto outros, e se tornem iguais a nós, ou peloextermínio, através do assassinato em nome de Deus, ou melhor, em nome de um deus, com d minúsculo, isto é, um ídolo que pretende se passar por Deus.
Mas quando você concentra sua atenção e ação, sua práxis, em valores como reconciliação, perdão, misericórdia, compaixão, solidariedade, amor e caridade, você está no horizonte da espiritualidade, comum a todas as tradições religiosas. E quando você está com o coração cheio de espiritualidade, e não de religião, você promove a justiça e a paz.
Os valores espirituais agregam pessoas, aproximam os diferentes, fazem com que os discordantes no mundo das crenças se dêem as mãos, no mundo da busca de superação do sofrimento humano, que a todos nós humilha e iguala, independentemente de raça, gênero, e inclusive religião.
Em síntese, quando você vive no mundo da religião, você fica no ônibus. Quando você vive no mundo da espiritualidade, que a sua religião ensina – ou pelo menos deveria ensinar, você desce do ônibus e dá um ovo de páscoa para uma criança que sofre a tragédia e a miséria de uma paralisia mental.

Morreu de Quê?


Naquela tarde o vigário recebe a visita de um de seus paroquianos.
- Bença Padre.
- Deus o abençoe meu filho.
- Padre, o sr. lembra do João pintor?
- É claro meu filho.
- Pois é Padre, o João veio a falecer.
- Que pena, morreu de quê?
- Olha, Padre. Eu moro numa rua sem saída e minha casa é a última. Ele desceu com o carro e bateu no muro lá de casa.
- Coitado, morreu de acidente.
- Não, ele bateu com o carro no muro e voou pela janela. Caiu dentro do meu quarto e bateu a cabeça no meu guarda-roupa de madeira.
- Que pena, morreu de traumatismo craniano.
- Não Padre, ele tentou se levantar pegando na maçaneta da porta que se soltou e ele rolou escada abaixo.
- Coitado, morreu de fraturas múltiplas.
- Não Padre, depois de rolar a escada ele bateu na geladeira, que caiu em cima dele.
- Que tragédia, morreu esmagado.
- Não, ele tentou se levantar e bateu as costas no fogão que tombou derramando a sopa que estava fervendo em cima dele.
- Coitado, morreu queimado.
- Não Padre, no desespero saiu correndo, tropeçou no cachorro e foi direto na caixa de força.
- Que pena, morreu eletrocutado.
- Não Padre, morreu depois d'eu dar dois tiros nele.
- Filho, você matou o João?
- Uai, o desgraçado tava destruindo a minha casa!